CADERNO DE NEGÓCIOS - JORNAL DE NOTICIAS - 8 Março 2008

CADERNO DE NEGÓCIOS - JORNAL DE NOTICIAS - 8 Março 2008 a Portal OBRASemCASA

De: Portal OBRASemCASA  08/26/2008
Palavras-chave Construção , Serviços, Mobiliário

Não é uma empresa de obras, como salienta ao primeiro contacto com o público, mas permite dar trabalho ás pequenas e médias empresas da área da construção civil e de materiais de construção e resolver o problema de particulares que necessitam realizar uma obra em casa.
"Muitas vezes, as pessoas não fazem ideia de quem hão-de contratar ou quanto custará determinada obra", explica Joaquim Ferreira, 32 anos, um dos sócios responsáveis pelo desenvolvimento do portal "OBRASemCASA". "Além disso, as pequenas e médias de construção, muitas vezes, não têm tempo e meios para andar á procura de trabalhos. Desta forma, criámos um ponto de encontro onde profissionais e clientes vão de encontro ás suas necessidades", resume Miguel Francisco, 31 anos, outro sócio na criação do portal de Internet que arrancou no início de Dezembro.
Em pouco menos de três meses, o portal "OBRASemCASA" recebeu mais de 37 mil visitas, registou cerca de 300 empresas de construção e outras 75 de materiais de construção. Diariamente, uma a duas empresas novas registam-se no portal e mais de mil vistantes passam pelo sítio. Com uma média de 10 a 15 pedidos de orçamento por dia, o portal "já pode garantir que dá serviço a muitas empresas registadas e já há quem trabalhe apenas com as empreitadas ali conseguidas", como explica Miguel Francisco.
Como funciona? As empresas de construção registam-se no sítio, mediante o pagamento de uma taxa única semestral de 100 euros e têm acesso a todos os pedidos de orçamentos. Os particulares inscrevem os seus pedidos gratuitamente e seleccionam o número propostas que desejam receber. Atingido esse número de descargas do pedido de orçamento, por parte das empresas interessadas, o mesmo fica bloqueado e o particular deverá aguardar resposta, no máximo até cinco dias.
"Vamos começar agora a fazer alum controlo para verificar se há empresas que descarregam os orçamentos e não cumprem o que está contratado. Poderão ver os seus registos suspensos por tempo indefinido", avisa Joaquim Ferreira, antevendo o que vai mudar no Portal.
Este ano, a empresa vai investir em novas funcionalidades, automatizando determinados procedimentos e dando "mais visibilidade ao negócio entre empresas (subempreitadas), que vai ser gratuito. Será introduzida uma área para orçamentos de projectos de construção civil, outra área em que empresas e particulares têm dificuldades em encontrarem-se.

Palavras-chave Arquitectos e Gabinetes de Arquitectura, Arquitectura, Assistência Técnica, Construção , Construção Civil, Consultoria, Decoração De Interiores, Decorações, Engenharia, Interiores, Manutenção, Mobiliário, Pavimentos, Pintura, Projectos, Projectos E Estudos De Arquitectura, Reabilitação, Revestimentos, Serviços